segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Campeonato Pernambucano de Categorias Apresenta Seus Novos Campeões!

Além do Campeonato Pernambucano Absoluto, o mês de Dezembro também foi o mês de conhecermos os campeões pernambucanos nas categorias Feminino, Sub-24 e Veteranos!

Campeonato Pernambucano de Veteranos e o Sábio Sotero



Na busca de recuperar os anos de ouro do Xadrez Pernambuco, o Campeonato Estadual de Veteranos foi realizado pela primeira vez após 15 anos de esquecimento, e apresentou à comunidade enxadrística  aqueles que se recusaram a se “aposentar” dos tabuleiros. O torneio foi aberto às demais federações, de maneira que o melhor pernambucano na competição seria declarado “Campeão Pernambucano de Veteranos 2015”.

O torneio foi realizado entre os dias 12 e 13 de dezembro, no Clube de Poker Prime, no bairro da Imbiribeira, com a única restrição de que os candidatos ao título tivessem  50 anos ou mais de idade, e assim o torneio conseguiu atrair os paraibanos Antônio Dutra da Silva e Baltar Ferreira Petrov (presidente da Federação vizinha), além do espanhol radicado no Recife, Nicolas Gallego Picasso (que no passado chegou a ultrapassar a barreira de 2100 pontos de Elo na FIDE), que juntamente com Luiz Lima, era considerado um dos favoritos ao título.

Realizado em sistema Suíço em quatro rodadas, o torneio foi desde o começo acirrado, chegando a segunda rodada com apenas jogadores com 100% de aproveitamento: Antônio Dutra da Silva (um dos representantes paraibanos) e o pernambucano Carlos Antônio Alves Ferreira.

Na terceira rodada, o desempate, que daria a liderança isolada da competição em caso de vitória. E a vitória veio para o paraibano Antônio Dutra, que disparou na liderança em embaralhou ainda mais a disputa entre os pernambucanos.

E na reta de chegada, ultrapassando seus principais adversários, o pernambucano Caio Sotero assegurou um empate com o líder da competição e conquistou o segundo lugar da disputa, vencendo nos critérios de desempate o espanhol Nicolas Gallego Picasso, ambos com 3 pontos.

Dessa forma, o paraibano Antônio Dutra sagrou-se o grande campeão da disputa, enquanto o título de Campeão Pernambucano de Veterenos 2015 foi para Caio Francisco Ferreira Sotero, colocando seu nome na história como primeiro campeão após o retorno da histórica disputa.

Classificação e resultados aqui


Campeonato Pernambucano Sub-24 e o Rei Arthur



Pela primeira vez na história do estado, o campeonato Pernambucano Sub-24 foi realizado entre os dias 19 e 20 de dezembro, paralelamente ao Campeonato Pernambucano Feminino e ao Pernambucano Absoluto, no Clube de Poker Prime, no bairro da Imbiribeira, no Recife.

Realizado em sistema Schuring de emparceiramento e visando principalmente a preparação dos jovens atletas pernambucanos para os jogos universitários, o torneio foi marcado pela presença unânime de alunos e ex-alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, o IFPE.

Ao final da segunda rodada já estava claro os três líderes da competição, o estudante de Engenharia Mecânica da UPE, Arthur Moura (ex-aluno do IFPE), e os dois representantes do curso de Eletrotécnica do IFPE: Gabriel Victor de Araújo e Pedro Guilherme Fernandes, que chegaram invictos à terceira rodada, antes de começarem a se enfrentar.

Na terceira rodada, apenas dois deles permaneceram invictos, após a vitória de Arthur Moura sobre Pedro Guilherme, fazendo da quarta rodada uma final antecipada para a disputa, uma vez que colocaria frente a frente os dois líderes do torneio: de um lado, Gabriel Araújo, e o do outro Arthur Moura.

Após uma longa batalha, decidida no apuro de tempo, Arthur Moura levou a melhor e sagrou-se campeão por antecipação da competição. Na última rodada, com o empate entre Gabriel Araújo e Pedro Guilherme Fernandes, o pódio ficou com Arthur Moura em primeiro, seguido de Gabriel Araújo e Pedro Guilherme Fernandes.

Emparceiramento e resultados aqui



Campeonato Pernambucano Feminino e A Rainha Vittória




Realizado novamente após 10 anos, o torneio contou com a participação de apenas 4 atletas, mas que não deixaram escapar a rivalidade natural da disputa. A expectativa é que o torneio consiga reunir cada vez mais atletas e incentivar a prática do esporte também entre as mulheres.

Realizado em sistema schuring de emparceiramento em três rodadas, o torneio tinha Pâmella Vittória de Melo Braga como uma das favoritas, mas a promessa era de um torneio equilibrado e com decisões de última hora. 

Na primeira rodada, vitória de Pâmella Vittória sobre Renata Nataly, e no outro páreo, vitória de Ítala Chesley sobre a representante de Bezerros, Poliana Souto Maior. Na segunda, rodada, Pâmella assumiu sozinha a liderança após êxito contra Poliana e o empate entre Ítala e Renata.


O título, entretanto, ainda não havia sido garantido, restando o enfrentamento entre Pâmella e Ítala, que a ultrapassaria caso vencesse. Entretanto, honrando mais uma vez o segundo nome “Vittória”, Pâmella derrotou a sua última adversária e com 100% de aproveitamento levou o título de Campeã Pernambucana de Xadrez 2015, seguida por Ítala Chesley e Poliana Souto Maior.  


Emparceiramento e resultados aqui.